Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

REALIDADE BRASILEIRA



Um sujeito vai visitar um amigo deputado e aproveita para lhe pedir um emprego para o seu filho que tinha acabado de completar o supletivo do 1º grau.

- Eu tenho uma vaga de assessor, só que o salário não é muito.

- Quanto, doutor?

- Pouco mais de 10 mil reais!

- Dez Mil!!!!???? Mas é muito dinheiro para o garoto! Ele não vai saber o que fazer com tudo isso não, doutor!!!! Não tem uma vaguinha mais modesta?

Só se for para trabalhar na Assembléia. Meio período e eles estão pagando só 7 mil!

  - Ainda é muito, doutor! Isso vai acabar estragando o menino!

  - Bom, então tenho uma de consultor. Estão pagando 5 mil reais por mês, serve?

  - Isso tudo é muito ainda, doutor. O senhor não tem um emprego que pagasse uns mil e quinhentos ou até dois mil reais???
 
- Ter até tenho, mas aí é só por concurso e é para quem tem curso superior, pós graduação ou mestrado, bons conhecimentos em informática, domínio da língua portuguesa e conhecimentos gerais. Além do mais ele terá que comparecer ao trabalho todos os dias...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Carta de um Policial a um bandido


CARTA DE UM POLICIAL PARA UM BANDIDO
Senhor bandido.
Esse termo de senhor que estou usando é para evitar que macule sua imagem ao lhe chamar de bandido, marginal, delinquente ou outro atributo que possa ferir sua dignidade, conforme orientações de entidades de defesa dos Direitos Humanos.

Durante vinte e quatro anos de atividade policial, tenho acompanhado suas "conquistas" quanto à preservação de seus direitos, pois os cidadãos, e especialmente nós policiais, estamos atrelados às suas vitórias, ou seja, quanto mais direito você adquire, maior é nossa obrigação de lhe dar segurança e de lhe encaminhar para um julgamento justo, apesar de muitas vezes você não dar esse direito às suas vítimas.

Todavia, não cabe a mim contrariar a lei, pois me ensinaram que o Direito Penal é a ciência que protege o criminoso, assim como o Direito do Trabalho protege o trabalhador, e assim por diante.

Questiono que hoje em dia você tem mais atenção do que muitos cidadãos e policiais. Antigamente você se escondia quando avistava um carro da polícia; hoje, você atira, porque sabe que numa troca de tiros o policial sempre será irresponsável em revidar. Não existe bala perdida, pois a mesma sempre é encontrada na arma de um policial ou pelo menos a arma dele é a primeira a ser suspeita.

Sei que você é um pobre coitado. Quando encarcerado, reclama que não possuímos dependências dignas para você se ressocializar. Porém, quero que saiba que construímos mais penitenciárias do que escolas ou espaço social, ou seja, gastamos mais dinheiro para você voltar ao seio da sociedade de forma digna do que com a segurança pública para que a sociedade possa viver com dignidade.

Quando você mantém um refém, são tantas suas exigências que deixam qualquer grevista envergonhado.

Presença de advogados, imprensa, colete à prova de balas, parentes, até juízes e promotores você consegue que saiam de seus gabinetes para protegê-los. Mas se isso é seu direito, vamos respeitá-lo.

Enfim, espero que seus direitos de marginal não se ampliem, pois nossa obrigação também aumentará.
Precisamos nos proteger. Ter nossos direitos, não de lhe matar, mas sim de viver sem medo de ser um policial.

Dois colegas de vocês morreram, assim como dois de nossos policiais sucumbiram devido ao excesso de proteção aos seus direitos. Rogo para que o inquérito policial instaurado, o qual certamente será acompanhado por um membro do Ministério Público e outro da Ordem dos Advogados do Brasil, não seja encerrado com a conclusão de que houve execução, ou melhor, violação aos Direitos Humanos, afinal, vocês morreram em pleno exercício de seus direitos.

Autor:
Wilson  Ronaldo Monteiro
Delegado da Polícia Civil do Pará

domingo, 21 de novembro de 2010

PROVA DE FOGO

 
Sempre podemos confiar em Deus....
Cenas do filme : Prova de Fogo (recomendo para casais, muito profético!)

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

NÃO ADIANTA SER UM BOM ADVOGADO!

Na Inglaterra um réu estava sendo julgado por assassinato…
Havia evidências indiscutíveis sobre a culpa do réu, mas o cadáver não aparecera.
Quase ao final da sua sustentação oral, o advogado, temeroso de que seu cliente fosse condenado, recorreu à um truque:
- “Senhoras e senhores do júri, senhor Juiz, eu tenho uma surpresa para todos!” - disse o advogado olhando para o seu relógio…
- “Dentro de dois minutos, a pessoa que aqui se presume assassinada, entrará na sala deste Tribunal.”
E olhou para a porta.
Os jurados, surpresos, também ansiosos, ficaram olhando para a porta.
Decorreram-se dois longos minutos e nada aconteceu.
O advogado, então, completou:
- “Realmente, eu falei e todos vocês olharam para a porta com a expectativa de ver a suposta vítima. Portanto, ficou claro que todos têm dúvida neste caso, se alguém realmente foi morto. Por isso insisto para que vocês considerem o meu cliente inocente”. (In dubio pro reo).
Os jurados, visivelmente surpresos, retiraram-se para a decisão final.
Alguns minutos depois, o júri voltou e pronunciou o veredicto:
- “Culpado!”
- “Mas como?” perguntou o advogado… “Eu vi todos vocês olharem fixamente para a porta, é de se concluir que estavam em dúvida! Como condenar na dúvida?”
E o juiz esclareceu:
- “Sim, todos nós olhamos para a porta, menos o seu cliente…”
“MORAL DA HISTÓRia. NÃO ADIANTA SER UM BOM ADVOGADO SE O CLIENTE FOR BURRO”.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Despedida e Festividade

Essa foi sem dúvida a melhor de todas a festividades da Igreja Brasa Viva, essa data marcou meu temporário afastamento das atividades desta Igreja incluindo minha liderança do Ministério de Dança Kadesh, foram 2 anos e quase meio rss de muito aprendizado porém tudo que tenho já é pouco e é preciso buscar novidades, preciso crescer e me renovar ....Dancei como nunca, chorei como nunca, e guardarei eternamente em meu coração essas meninas ... desejo continuar sendo a coreografa mas com muito mais bagagens a oferecer.....
Nossa história só está começando MDK Eternamente!!!
AMO VOCÊS!!!